10 de jul de 2010

25/06 Balatonlelle a Székesfehérvár - 90km

Saí de Balatonlelle com tempo bom e segui andando pela ciclovia junto do lago. A ciclovia é bem legal mas o asfalto muitas vezes é esburacado ou cheio de costelas e irregularidades, que me obrigaram a ficar atento o tempo todo pra evitar tomar um tombo ou arrebentar a roda da bike. Fora isso, a viagem foi tranquila. Não vi muita paisagem bonita do Balaton e depois de umas horas pedalando, já estava em Székesfehérvár (se pronuncia "seiquéchefererfãr" ou alguma coisa assim). Consegui me hospedar na casa de uma menina que é irmã de um cara que tá viajando de bike pelo Oriente médio e Ásia com a namorada. Eles estão no Irã agora e fiquei sabendo que vão voltar antes do previsto por causa de problemas em conseguir visto por mais tempo. Com um visto de poucas semanas eles não conseguiriam atravessar o país então tiveram que mudar a rota. A Karolina e seus pais me receberam super bem, com um churrasco típico, feito com bacon, alho e pão. Eu era o primeiro couchsurfer que eles estavam recebendo em Széxckzycvkxckyzxyckzxáckzxcékzkxc (whatever) e ficaram todos orgulhosos disso. Conversei pra cacete com o pai dela, um cara muito gente boa, que me contou histórias da Hungria, da Rússia, do comunismo, das viagens que ele já fez. Ele é programador e desenvolve sistemas pra web e então a conversa foi mais longe ainda. Fizeram de tudo por mim, não pararam de oferecer coisas. Aliás, eles mesmo me explicaram que esse negócio de oferecer coisas pra você comer por 84 vezes seguidas até você aceitar é característica de todo húngaro. Comi como um príncipe. Dormi como uma criança.



Exibir mapa ampliado

Um comentário:

  1. Simpatia dessa familia! Muito lindo tudo isso.
    Mas essa de vc comer como um principe eu gostei muito...e dormir como uma criança!!!

    ResponderExcluir