17 de jul de 2010

13/07 Ödeshog

Dormi na cabana sem problemas, apesar da claridade. Como estou bem no norte da Europa, aqui na Suécia (na Escandinávia em geral) o sol se põe bem tarde no verão. Na região que eu estou (um pouco abaixo de Stockholm) a claridade vai das 4h30 até umas 22h40. Se você for mais para o norte, na Lapônia e norte da Noruega, o sol não chega a se pôr (o tal do sol da meia-noite) e não existe noite. Reparei que na janela de toda casa e quarto existe um cortina preta pra isolar totalmente a luz. Tem sido um pouco estranho pra eu acostumar com o sol, principalmente porque não tenho trégua durante o pedal, mesmo que eu pedale mais cedo ou no fim da tarde (o fim da tarde aqui é lá pelas 21h!). O sol é forte o tempo todo e as estradas que eu tenho andado têm poucas sombras então não dá pra escapar.

Curti meu dia de folga em Ödeshog, cidadezinha em que não existe nada pra fazer além de ir ao supermercado. De qualquer forma, a parada foi boa pro meu descanso. Comi bem e barato num restaurante italiano de dono libanês. Andei pelas 3 quadras do "centro" e voltei pro albergue. Dei uma folga pra câmera também. Sem fotos por hoje!

Um comentário: