6 de jul de 2010

21/06 Ptuj a Varaždin - 51km

Saí de manhã com muita chuva e frio mas ainda sim foi melhor do que ficar naquele lugar escroto, ahahahahah. Peguei uma estrada movimentada de Varaždin (Croácia) até um pouco antes da fronteira. É engraçado porque uns kms antes e depois da fronteira costuma não ter NADA na estrada (nem posto de combustível, nem restaurante, nem casas). Parece que você tá pedalando numa terra sem dono e sem "cara". O trânsito na fronteira é bem calmo então é bom pra pedalar. Na entrada da Croácia, finalmente ganhei um carimbo no passaporte. O país não faz parte da União Europeia então o esquema de entrada é diferente. Mostrei o passaporte italiano e segui adiante sem problemas. O país não pareceu muito diferente da Eslovênia mesmo porque as diferenças que existem não são sempre visíveis. A estrada da fronteira até Varaždin parecia uma avenida plana que cruzava várias cidadezinhas, quase sempre em áreas residencias e sossegadas. Andei assim por algumas horas até chegar embaixo de uma puta chuva em Varaždin. Achei um pub onde tinha wifi grátis e tomei um café pra esquentar e esperar pela resposta de uma mulher do CS que disse que me hospedaria. Ela tinha 37 anos e o inglês dela era horrível. No fim das contas, pra resumir a história, esperei algumas horas e nada da resposta dela então desisti de esperar e achei um apto pra ficar por lá 2 noites. Esse foi o primeiro cano que eu levei de alguém do CS, faz parte. Depois das 21h ela me mandou um email dizendo que o marido (que mora junto com ela) não gostou da ideia e ela não poderia me hospedar. Ok, eu me viro, mas ela podia ter me respondido antes, não? Whatever. =) O apto era perto do centro então pude passear por ali a pé. A cidade não tinha nada muito interessante mas seria a única cidade que eu ia visitar na Croácia e foi legal por isso.



Exibir mapa ampliado

Nenhum comentário:

Postar um comentário