28 de mai de 2010

26/05 Domodossola a Locarno - 82Km

Hoje que eu queria acordar cedo não tive sorte. Lá pelas 7h30 tava caindo uma chuva e voltei a cochilar um pouco. Só porque eu falei ontem que o tempo não podia estar melhor. Mas no fim dei sorte porque lá pelas 9h00 a chuva parou e até fez um sol. Antes da sair da cidade, parei numa loja de bike e perguntei pro pessoal de lá qual seria o melhor caminho pra Locarno. Eu tinha duas opções: cruzar as montanhas do Centrovalle (uns 600m de elevação, aprox. 40km) quase que em linha reta pra Locarno ou ir por Verbania seguindo o lago Maggiore (plano mas mais longo, aprox. 80Km). Depois de muito pensar, decidi fazer o caminho mais longo mesmo porque não tinha muita informação sobre a altimetria do trecho da montanha e não quis arriscar uma viagem muito puxada, já que era meu terceiro dia seguido de pedal. Fui por Verbania e logo cheguei na beira do lago Maggiore. Como em Verbania eu tava na metade do caminho, resolvi parar pra almoçar. Acho que foi meu primeiro almoço pra valer nos dias de pedal. Parei lá pelas 13h00 pra comer e me reabasteci com carboidrato (batata, penne à bolonhesa e pão) e glicose (sorvete). Segui a viagem mais disposto. Todo o trajeto era na estrada à beira do lago, que me lembrou muito a Rio-Santos no trecho de Ubatuba: verde por todos os lados, curvas fechadas e o ar quente e úmido. Depois de uns 20km cruzei a fronteira da Itália com a Suíça de novo. Já de cara a estrada e a sinalização eram melhores que as italianas. Sim, os suíços são "chatos" a esse ponto. Tudo é organizado e limpo de tal maneira que não tem como você não reparar e comparar. Andei mais uns kms e a chuva que ameçou o dia todo resolveu cair, justo quando faltava 10km pra eu chegar. Sei lá porquê, a chuva me deu uma animada e pedalei num ritmo mais forte passando por Ascona (que é grudada com Locarno) e mais um pouco cheguei em Locarno. Encontrei o Youth Hostel daqui (categoria top hostel da HI) e decidi ficar. Saí pra fazer umas compras no Coop e comer uma pizza e assim que voltei pro albergue começou uma chuva forte com raio e trovões. Aproveitei pra olhar no mapa qual seria meu destino pra amanhã e decidi fazer uma pequena mudança de rota. Ao invés de seguir para Lugano (Suíça) e entrar na Itália novamente em direção ao Parque dello Stelvio (passo de uns 2500m) e voltar de novo pra Suíça depois, vou seguir na diagonal por dentro da Suíça em direção à Landeck (Áustria) e de lá o roteiro segue o mesmo, descendo em direção à Eslovênia. No caminho até Landeck existem vários passos e vou tentar atravessar algum - ou alguns - deles. Já tô precisando fazer uns ajustes nos cabos de freio e câmbio da bike, além de dar uma calibrada nos pneus, mas fora isso, a bike tá igual um trator. Acho que o garfo rígido e os pneus Schwalbe 1.75 deram realmente conta do recado! Não tive nenhum furo até agora com mais de 500km rodados e me senti seguro com eles na chuva e asfalto molhados. Não senti nenhuma falta de suspensão. O selim Brooks de couro tá com o formato da minha bunda e nem lembro que ele existe. Quem tem dúvida, pode comprar que é uma beleza. Amanhã vou dormir sei lá onde, com certeza em alguma cidadezinha depois de Bellinzona. Vou descobrir por lá, vamos ver o que encontro.

Estádio do Morumbi à 1,5 Km


Exibir mapa ampliado

2 comentários:

  1. Essa pizza parece boa. Lindas as fotos. Inveja é a palavra agora... eheheh

    ResponderExcluir
  2. Fala filhão!!! A melhor foto até agora: Estádio do Morumbi!!!! hahahaha
    Boa sorte amigo!!!
    Publica mais fotos, está demorando muito!!

    ResponderExcluir