10 de jun de 2010

09/06 Mittersill a Lienz - 61km

Assim que saí de Mittersill percebi que Villach ainda ia demorar mais uns dias. Olhei com mais detalhe o roteiro que eu poderia fazer e descobri que iria ter que cruzar as montanhas de qualquer jeito. Confirmei isso no centro de informações turísticas e segui o caminho. Os primeiros 10km foram uma subida só, que iam em direção a um túnel no meio das montanhas. De lá, eu teria que pegar um shuttle/caminhonete que me levasse com a bike por dentro do túnel, que tem 5km de comprimento e onde a circulação de bike não é permitida. O túnel está a 1600m e Mittersill a uns 600m então a pedalada foi forte. O trajeto de hoje seria como uma lombada de 50km de comprimento com a parte mais alta de 1,6km. O vento contra durante a subida ou me segurava ou me jogava pro lado. Tive que até parar algumas vezes pra esperar o vento diminuir um pouco. Pedalei a uns 5km/h por umas 2 horas, com a língua de fora por causa do calor. Finalmente cheguei à entrada do túnel e lá encontrei um biker que tava fazendo o caminho contrário do meu. Perguntei detalhes sobre o shuttle e ele me explicou que era só eu ligar de um telefone próprio dali e chamar que os caras vinham em 10 minutos e foi isso que eu fiz. O cara chegou e coloquei a bike no caminhão (tipo um guincho) e atravessamos o túnel. 5km de uma reta só! Do outro lado, desci a bike do caminhão, paguei 18 euros (#%$@#%$!) e comecei FINALMENTE a descer a montanha igual um retardado. Foram 15km sem pausa, sem freio, sem pedalar, sem noção, mantendo uma média de uns 55km/h. No embalo não quis nem parar pra tirar foto, só queria aproveitar a gravidade a favor, eheheh... Mais um pouco e cheguei em Matrei, uma cidadezinha bem pequena e aconchegante, onde fiz a pausa pro almoço e descanso. Almocei e fui tomar um sorvete e o dono da sorveteria viu minha bike carregada e perguntou pra onde eu tava indo, de onde eu era e etc e conversamos um pouco. Ele ficou impressionado, achou super legal e me desejou boa viagem. Saí de lá e segui pra Lienz (diferente de Linz, uma cidade maior que fica no norte da Áustria), que ficava a mais 28km de Matrei. O trecho na estrada foi um pouco mais chato por causa do movimento mas nos últimos 15km existe uma ciclovia que vai até Lienz então foi mais tranquilo, sem contar que era uma planície só. Cheguei em Lienz e em 2 minutos estava na praça central da cidade. Achei o centro de informações turísticas e perguntei por um albergue bom e barato. Consegui um quarto numa casa/pensão por 28 euros com cdm. Razoável, não? Vou ficar aqui 2 noites pra descansar as pernas porque os últimos dois dias foram bem puxados. Enquanto isso, vou aproveitar pra atualizar esse blog. Já tô escrevendo o resumo do primeiro mês da viagem aqui na Europa. Nem parece! O tempo passou voando porque todo dia ando e faço coisas diferentes, não existe rotina. Amanhã começa a copa e ainda não vi quando será o primeiro jogo do Brasil, sei lá onde vou estar pra poder assistir. A maioria com quem eu conversei aqui sobre quem será o campeão aposta na Espanha. Não sei não... Eu ainda aposto no Brasil, Itália ou Alemanha, mesmo jogando mal. Até mais, crianças. Se cuidem.



Exibir mapa ampliado

3 comentários:

  1. Fer: beleza, beleza, beleza!!! Estamos felizes por vc. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Ola.... tudo muito lindo... estou acompanhando sempre... parabens isso eh demais...aproveite bastante...bjossss

    ResponderExcluir
  3. e aii tioooo tudo bem aii??? se cuidaaa juizooo draga

    ResponderExcluir