9 de jun de 2010

04/06 Landeck a Innsbruck - 85km

Só vi gente na rua em Landeck hoje de manhã já que ontem foi feriado e tudo tava fechado. Com movimento e gente nas ruas a cidade parece diferente. Meu caminho hoje era continuar seguindo o rio Inn que vai até Innsbruck e depois segue até o Danúbio (se eu não estiver errado). Por seguir o rio, o caminho é praticamente apenas plano e não exige muito. O problema é que pela primeira vez tive que ficar atento com os outros ciclistas. Encontrei hoje muito mais gente viajando de bike que ontem. Devo ter cruzado com umas 80 ou 100 pessoas nesse trajeto todo, que foi de 85km. Gente em grupo, casal de velhinhos, jovens sozinhos, velhinhas sozinhas, casal com criança num carrinho sendo puxado pela bike, etc. Todo mundo viaja de bike por aqui, é impressionante. Como a estrada era plana, preferi segui a viagem mais rápida, fazendo menos paradas (pra tirar fotos, comer, etc) que o normal pra não perder muito o ritmo. Uma coisa que senti todos os dias que viajei é que cada dia teve seu ritmo determinado por coisas que eu não previ. Se tá chovendo, eu paro menos e tiro menos fotos; se tá ventando, eu faço mais paradas de tempos em tempos porque exige mais das pernas; se tá fazendo sol, eu tenho vontade de pedalar num ritmo mais forte e também de parar menos. As paisagens de hoje foram bem legais, como tem sido em praticamente todos os caminhos que tenho passado, só que não tirei tantas fotos como poderia pois preferi pedalar mais. Sei que os 3 leitores (incluindo minha mãe) que me acompanham neste modesto e despretensioso blog não ficarão incomodados com isso. Voltando ao que interessa, apesar do terreno plano, cheguei bem cansado em Innsbruck já que esse foi meu quinto dia de pedal seguido. Já estava certo de fazer uma parada de descanso assim. Fui no centro de informações turísticas e encontrei um albergue por 17 euros (sem cdm) mas tava bom demais. Pra variar, o albergue ficava pertinho do rio, do plano, da parte baixa da cidade, só que numa LADEIRA a duas quadras do rio. Haaaaja coração, amigo. O último km é sempre o mais longo e cansativo de todos, já tô me acostumando... A noite fui ao centro comer alguma coisa e por acaso assisti a uma competição/exibição de salto com vara e salto em distância, num palco montado bem no meio do calçadão principal da cidade. Tinha um monte de gente assistindo e torcendo. Foi inusitado e sem querer acabou marcando minha chegada na cidade. Gastei uma hora assistindo um pouco das provas. Voltei pro albergue e apaguei.

3 comentários:

  1. fer muito boas as fotos q vc não está!!!
    abç mau

    ResponderExcluir
  2. opa, tem mais de 3 leitores assíduos.. estou viajando junto.

    muito legal o blog.

    boa sorte

    ResponderExcluir
  3. Eu tb viajo com vc . Tudo lindo. Todos os dias busco suas atualizações. Bjs.

    ResponderExcluir