22 de dez de 2009

Bike - Alforjes e selim

Alforje traseiro


Ortlieb Back Roller Classic Panniers

Ortlieb Back Roller Classic Panniers: existem alforjes de várias marcas e fabricados com materiais diferentes. Mais um item em que a escolha é difícil por terem tantas opções. Infelizmente aqui no Brasil não temos acesso a muitas delas, apesar de haver alguns modelos à venda como os das marcas Topeak, Curtlo, Deuter, Arara Una e Alto Estilo, entre outras. A questão é que quando os produtos existem no Brasil, o preço costuma ser muito salgado. A diferença de preço entre importar um produto top de linha do exterior e comprar os disponíveis no Brasil acaba sendo pequeno então, na maioria das vezes, vale a pena trazer de fora mesmo. Foi o que eu fiz. Depois muita pesquisa, optei pelos alforjes (panniers) da Ortlieb, tanto o dianteiro como o traseiro. Eles são considerados um dos mais resistentes, realmente impermeáveis (não precisam de capa para chuva) e tem o sistema de fixação mais prático que existe, chamado QL2. Colocar e retirar o alforje da bike é tão fácil que nem parece que ele está preso no rack. Assim que eu estiver com minha bike de volta da oficina, vou fazer um vídeo mostrando esses detalhes. Eles carregam um volume de até 40L e pesam 1,63Kg.

Alforje dianteiro


Ortlieb Front Roller Classic Panniers

Ortlieb Front Roller Classic Panniers: o modelo dianteiro é praticamente igual ao traseiro. O par dos dianteiros pesa 1,35 Kg e o volume é 25L. Esse modelo é ideal para ser instalado com o rack Tubus Tara, que descrevi no post anterior. É pequeno e fica muito próximo do chão, baixando o centro de gravidade na frente e mantendo a dirigibilidade.

Com os racks e alforjes instalados, a bike ficará mais ou menos assim:


Os Ortlieb em ação

Selim


Brooks B17 Standard

Brooks B17 Standard: o selim é talvez o item mais importante em termos de conforto durante a viagem. Nunca tive grandes exigências com selins, já que meus pedais costumavam ser de curta duração (de 1h a 2h). Mas isso tudo muda quando você passa de 6 a 8 horas sentado, ehehheh... Existem selins em gel, de couro, rígido entre outras combinações. Optei pelo selim da lendária marca Brooks, o B17 Standard. Ele é feito em couro duro, mas que com algumas semanas de uso ele se molda ao seu corpo e, dizem, fica MUITO confortável em comparação com qualquer outro selim, seja de gel ou outro material. Reparando em centenas de fotos de bikes de cicloturismo, você vai notar que a maioria usa os Brooks e não é à toa. Curiosidade: esse modelo existe no catálogo da Brooks desde 1898(!).

No próximo post, falarei sobre o garfo rígido e os pneus. Até mais!

7 comentários:

  1. Parabens !!! Seu blog está muito bem organizado, gostei das infos que estão nele! =)

    Abração

    ResponderExcluir
  2. Oi, André!

    Obrigado pelo elogio!

    Continue acompanhando pq vou incluir mais informações úteis pra quem está se organizando pra viajar tbm, espero que seja útil para outros cicloturistas tbm.

    Conheci seu blog, muito bom tbm... Visitarei sempre!

    Abs,
    Fernando

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog.Está muito bem elaborado.Sou Andrea a noiva do Walterson.Também fizemos um blog da última cicloviagem que fizemos.www.pedalandonareal.blogspot.com.Pedalamos também com um banco Brooks do modelo Flyer diferente do seu.Fiz apenas um pedal com ele porque depois de cento e tantos kms não suportava nem encostar nele.Nunca havia sentido tanta dor.Ao contrário,meu noivo não teve problemas com ele.Sugiro que faça uns pedais com ele antes de viajar.Só para garantir.Outra sugestão é comprar o creme próprio da marca para passar no banco.Pagamos cerca de 50 reais.Assim ele desliza melhor.E pode ser aproveitado também para outros bancos,caso opte por viajar com outro.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Andrea

    Obrigado pela visita! Visitei o site de vocês e fiquei com inveja... rsrsrs Vi cada foto por lá!! Muito bonito esse trecho todo da Estrada Real.

    Estou andando com o selim faz uns dias e até agora estou me adaptando numa boa. Ainda não fiquei mais de 2 horas sentado nele pra saber mas por enquanto não tenho do que reclamar. Já achei ele bem melhor que o que eu usava antes, um pra corrida de XC, fininho, que parecia uma placa de madeira, rsrsrs... Ainda vou andar muito com ele antes de viajar, pra ficar bem "amaciado" mesmo. Comprei o creme, estou esperando chegar, valeu pela dica!

    Abs pra vcs!

    Fernando

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernando, vou repetir a minha mensagem aqui nesta seção, poi acho que está mais relacionada. Aí vai ela:

    Olá Fernando, tudo bem!? Moro em Florianópolis e eu e meu namorado Camilo estamos planejando uma viagem de bike pela Europa. Decidimos comprar as bikes lá. A viajem terá início em Portugal, não sabemos ainda se em Porto ou Lisboa. Depende um pouco da pesquisa que estamos fazendo sobre as lojas e marcas vendidas. Vi no seu blog que tu comprou os alforges da ortilieb. Temos 2 traseiros e 2 dianteiros dessa marca, mas foi um amigo nosso que mora na Alemanha que nos mandou. Preciso de mais 2 traseiros, uma mala daquela traseira q vai em cima do bagageiro e uma bolsa de guidão. No caso, esse nosso amigo está de férias aqui no Brasil e não temos quem nos mande. Não sei se tu chegou a ir em Portugal, mas se foi tu viu essa marca sendo vendida lá? Tu comprou os seus por aqueles links que postou? Foi taxado pela receita federal? Desculpe tantas perguntas, mas se puderes me ajudar com alguma informação.
    Desde já agradeço a atenção!

    Abraços,
    Renata Mazer.

    ResponderExcluir
  6. Oi Renata

    Tudo bem?

    Bom, nao passei por Portugal mesmo e não sei te dizer se vendem lá numa loja fisica. De qualquer forma, como vcs já vão comprar as bikes por lá, minha sugestão é que vcs comprem os alforges quando chegarem em Portugal tbm, mas pela internet. Comprando dentro da Europa a entrega é bem rápida e barata (às vezes de graça) e pra 90% dos países não existe nenhum imposto adicional além do VAT normal. As minhas compras foram pelo http://www.chainreactioncycles.com/ e http://www.wiggle.co.uk/, que são MUITO bons e eficientes. Entre nesses sites e veja o preço e data de entrega pra portugal, acho que resolve o problema. Se vcs forem ficar num albergue ou hotel, podem usar esse endereço como entrega, sem problema. Só não se esqueçam de ter um cartão internacional para pagar (habilitado pra usar fora do Brasil, claro).

    Espero ter ajudado e desejo desde já uma ótima viagem pra vcs!

    ResponderExcluir
  7. Amigo, estou pra realizar uma trip/cicloturismo de Aracaju/SE até Itacaré/BA, devo pedalar uns 1000km. Estou em buscando compra de alforge e bagageiros usados. Vc ainda tem esse materia e tem interesse de vende-los?ABS
    webgabriel@hotmail.com

    ResponderExcluir